top of page
Galpão

O Galpão do Folias é um caso raro: uma igreja que virou teatro. Este navio ancorado aos pés de Santa Cecília deve sua existência a uma tripulação de apaixonados, que através dos anos fizeram e fazem ele seguir existindo.

Teatro-sede do grupo Folias, o Galpão foi inaugurado dia 14 de abril de 2000, espaço aberto às mais diversas linguagens: espetáculos teatrais, performáticos, de música, ensaios e encontros de formação e reflexão. Ponto de convergência de fazedores/criadores teatrais e de pessoas cidadãs interessadas em reconstruir a vida social e política.

Galpão do Folias

Território da arte contra a barbárie do nosso tempo

Ética e estética

Teoria e prática

Individual e coletivo

 

….como a reproduzir uma experiência social distinta daquela que se tem mostrado tão avessa à criatividade e a solidariedade.

O

G

A

L

P

Ã

O

Galpão do Folias

GALPÃO DO FOLIAS

HISTÓRIA

     No final dos anos 90, Marco Antonio Rodrigues e Reinaldo Maia, que trabalhavam juntos na Funarte, resolvem montar uma peça que mostrasse os bastidores do teatro. Deste processo surgiu Verás que tudo é mentira (1995), espetáculo de rua que se tornou o embrião do que seria o grupo futuramente. Neste momento já estavam Dagoberto Feliz fazendo direção musical, Patrícia Barros, Nani de Oliveira, Renata Zhaneta e Rogério Bandeira. Depois, Carlos Francisco irá se juntar completando os que serão os fundadores do grupo, formado em 1997. O Folias se estrutura quando este grupo de artistas recebe o Prêmio Estímulo Flávio Rangel para montagem do espetáculo Folias Fellinianas. A partir daí, o grupo começa a buscar uma sede para ensaios e encontra um galpão abandonado, propriedade da Fundação Conrado Wessel.

     A necessidade de ter um espaço próprio, que permitisse autonomia de uso, programação e administração, leva o grupo a investir na transformação do galpão de ensaios em sala de espetáculo. Depois de dois anos de reforma, o Galpão, que tem o projeto arquitetônico de J.C. Serroni, é oficialmente inaugurado com Happy End em coprodução com o Grupo TAPA. E desde então um grande número de Foliões tem passado por este lugar, somando diversos espetáculos para diferentes públicos, utilizando da imaginação para refletir problemas e angústias concretas da nossa sociedade através da arte.

     A partir de 1999, o Folias torna-se um dos líderes do movimento Arte contra a Barbárie, que condena a mercantilização da cultura e propõe a criação de mecanismos estáveis de fomento à pesquisa e à experimentação, assim como políticas públicas que promovam maior acesso do público aos espetáculos. A repercussão do movimento resulta na aprovação da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, uma das principais políticas públicas para a cultura do país.

histórico de peças

História

EM REPERTÓRIO

+ infos 7PISOS

Peças
Em repertório
Galpão do Folias

1 9 9 5 

Verás que Tudo é Mentira

Adaptação de Reinaldo Maia para o romance de Theòphile Gautier Capitão Fracassi.

Direção Marco Antonio Rodrigues

Prêmio Mambembe: Figurino

Indicação Prêmio Shell: Direção

F34A0394 7pisos.jpeg

7PISOS

Giuseppe Corte​ adentra voluntariamente em um hospital que possui uma estrutura peculiar, onde sua doença desconhecida pouco interfere em sua internação. Como escritor da história, percorre os sete pisos do edifício desvelando sua estrutura.

CADERNOS DO FOLIAS

PU-

BLI-

CA-

ÇÕES !

CONVERSAS FOLIANESCAS

Inscreva-se no nosso mailing

e visite mais a Santa Cecília!

Obrigado! Mensagem enviada.

QUER UM MAPA? 

PASSEIO VIRTUAL

horizontal_preto.png
2-horizontal-slogan.png
Logo PROAC DIRETO_cor.png
Publicações
Contato
Morador

CON     -    TATO

Rua Ana Cintra, 213 - Santa Cecília

VOCÊ MORA NO BAIRRO?

O Folias – com o PROJETO MORADOR – que hoje conta com aproximadamente 1830 associados, busca a inserção do Galpão na comunidade. Com a apresentação de um documento que comprove residência ou trabalho no bairro Santa Cecília, a pessoa cidadã recebe uma carteirinha de identificação que possibilita sua participação nas atividades de nosso teatro, assim como na de parceiros que, muitas vezes, se somam à nossa programação.

 

O cadastro permite que seus portadores desfrutem de inúmeros benefícios junto ao nosso teatro, entre eles o desconto de até 75% na bilheteria para assistir aos nossos espetáculos, além de participação em atividades como palestras, exibição de filmes, debates, oficinas, etc. 

 

Nosso objetivo com este programa é estabelecer uma aproximação com a comunidade para possibilitar a formação de novos públicos não só para o Galpão do Folias, mas para a arte e seus vários segmentos.

Conversas
Passeio Virtual
Cooperativa Paulista de Teatro

realização                              apoio                       apoio cultural.               

Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo
Secretaria de Cultura do Município de São Paulo
logo-final planetas.png
LOGO DA COOPERATIVA.png
logo Galpão.jpeg
bottom of page